fbpx

5 dicas para melhorar o controle do fluxo de caixa de sua empresa

Há tempos que a área financeira deixou de ser simplesmente operacional, trabalhando com registros estáticos e simples anotações de créditos e débitos, para se transformar em um centro estratégico, responsável direto pelo alcance das metas das empresas. O fluxo de caixa é um importante instrumento da área financeira que permite visualizar com clareza as receitas e despesas, identificando, com rapidez, eventuais “sobras” ou falta de recursos.

A simplicidade explica porque ele é tão utilizado nas empresas para controle contábil e financeiro. Basicamente, ele consiste em toda a movimentação de capital (entrada e saída) da empresa, ele é usado para antecipar demandas, minimizar os riscos do negócio e oferecer respostas rápidas às crises e mudanças de direcionamentos de mercado.

Sendo assim, confira agora as 5 dicas que separamos especialmente para lhe ajudar a otimizar o controle do fluxo de caixa da sua empresa.

1 – Organize e registre todas as contas de sua empresa
Esta sem dúvida é uma das dicas que deve guiar todo o conceito do controle de fluxo de caixa. Você precisa ter acesso fácil, rápido e automático a todas as contas de sua empresa no momento em que precisar. Para isso, é necessário que você automatize o seu sistema de pagamentos e recebimentos de contas. Registre todas as contas de sua empresa, organize-as por data de vencimento, prioridade, valores e fornecedores. Aluguel do imóvel, água, luz, fornecedores, salário dos funcionários, impostos, parcelas de compras de equipamentos e outros. Também não se esqueça de organizar todas as suas contas a receber, seguindo o mesmo esquema, por data, prioridade, valores e clientes. Somente fazendo este controle é possível saber exatamente qual a receita que sua empresa tem disponível para contar mensalmente e em longo prazo para sustentar possíveis investimentos ou imprevistos.

2 – Registre toda a movimentação de forma categorizada
Independente de qual seja o valor, é de extrema importância que você tenha toda a movimentação de entrada e saída de caixa registrada em um sistema único, somente assim será possível fazer um controle preciso sobre o destino das receitas de sua empresa, controlar gastos e fazer a separação dos lucros. Mesmo que as pequenas despesas pareçam irrelevantes, em longo prazo são elas que podem fazer toda a diferença quando não são registradas. Faça a separação de todos os gastos em categorias diferentes, pois no fechamento do caixa, será este procedimento que lhe apontará se a sua empresa está desperdiçando ou economizando dinheiro em alguma área específica. Evite categorizar despesas pequenas de forma vaga, como “despesas gerais”, por exemplo.

3 – Acompanhe o fluxo de caixa todos os dias
Não deixe para conferir o seu fluxo de caixa apenas uma vez por semana ou por mês. Tenha a disciplina de fazer um acompanhamento diário, pois isto evita que você seja pego de surpresa quando já for tarde demais. Acompanhar o seu fluxo de caixa diariamente evita surpresas indesejáveis, pois é possível prever com quanto dinheiro sua empresa pode contar no caso de imprevistos, ou até mesmo qual o nível de investimento ela está preparada para arcar. Vendas a prazo, como cheques pré-datados ou notas promissórias, não podem contar no fluxo de caixa. Apenas quando de fato o dinheiro da parcela for recebido.

4 – Faça um planejamento rigoroso do seu estoque
Um estoque parado por falta de planejamento pode “congelar” a sua receita. Pois ele não irá render juros e não irá gerar nenhuma renda para a sua empresa. Muito pelo contrário, você terá parcelas de fornecedores para pagar enquanto os produtos parados não estiverem movimentando nenhum dinheiro. Portanto, não tenha em estoque mais do que a sua demanda de vendas pode sustentar. Sistemas de ERP são extremamente úteis para efetuar o planejamento do estoque, evitando prejuízos por conta de mercadorias paradas.

5 – Integre seu fluxo de caixa a um sistema de gestão
Para que todas as dicas acima sejam realizadas de forma automatizada, prática e eficaz, um sistema de ERP é tudo o que você irá precisar! Tenha um ótimo sistema de gestão que efetue as tarefas importantes de sua empresa no âmbito digital. Com um sistema ERP, você conseguirá estas informações:

  • A melhor data para efetivar pagamentos.
  • O momento mais adequado para reposição de estoques.
  • A necessidade de obtenção de linhas crédito junto a instituições bancárias.
  • Oportunidades para compra de ativos permanentes.
  • A hora certa para implementação de estratégias de redução de custo.
  • A necessidade de organizar, junto aos setores de Marketing e Vendas, a elaboração de promoções e a correção de valor do ticket médio.
  • Fazer levantamentos a respeito do fluxo de caixa dos meses anteriores.
  • Ter uma previsão relativa de qual será o fluxo de caixa da empresa futuramente, levantando relatórios de contas a receber e à pagar nos meses seguintes. 

Ter um ERP é de extrema importância para a administração de uma empresa, sem mencionar que você poderá ter acesso a todas as informações de forma centralizada.

Você se interessou em saber mais detalhes sobre o que um sistema de gestão pode fazer para otimizar o controle de fluxo de caixa da sua empresa? Entre em contato com a VerUP!

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ