fbpx

Conheça as melhores práticas de gestão para uma empresa familiar

Optar por começar uma empresa familiar tem se tornado comum entre pequenos empreendedores que planejam um crescimento estável e sólido.

Isso acontece porque esse segmento empresarial geralmente conta com pessoas mais próximas e realmente interessadas no sucesso do negócio, o que gera maior engajamento, comprometimento e confiança.

Contudo, é importante saber distinguir o relacionamento familiar do profissional para que eles não se misturem e afetem o desenvolvimento da empresa. Quer saber como fazer isso? Continue a leitura e conheça as melhores práticas de gestão para uma empresa familiar!

Gestão e estratégia

Um bom sistema de gestão pode ser seu maior aliado para ajudar a criar o ambiente da empresa. É importante estabelecer regras e parâmetros para que haja a separação do profissional e do pessoal.

Dessa maneira, investir em um sistema pode ser uma prática estratégica que trará vários benefícios, tanto para a saúde da empresa quanto para o convívio entre os colaboradores e familiares.

Apresentamos abaixo algumas dicas eficientes e práticas para ajudar você a fazer uma boa gestão da empresa e, ainda assim, resguardar o bom convívio com a família. Acompanhe:

Planeje

Defina as obrigações e as metas a serem cumpridas, estabelecendo regras e conscientizando a todos que cada um tem sua participação. Uma boa prática é criar um documento com as principais diretrizes de bom convívio, definindo deveres e direitos.

Para eventuais situações não contempladas nele, é interessante estruturar um conselho para que os membros possam se reunir e discutir problemas, agindo de forma proativa para evitar desentendimentos futuros.

Além disso, mantenha em mente que tarefas planejadas otimizam os processos da empresa, ajudando a encontrar falhas e permitindo que os funcionários dividam suas responsabilidades independentemente da relação familiar.

Invista em cultura organizacional

Trabalhar a cultura organizacional da empresa traz diversos benefícios, como um ambiente de trabalho mais receptivo, boa gestão de pessoas e de imagem da empresa perante clientes e funcionários.

Deixe claro que, independentemente do cargo e hierarquia familiar, as funções devem ser exercidas da mesma forma que um funcionário de fora faria. Essa é uma prática que demonstra que todos que trabalham no local são tratados de maneira igualitária, contribuindo para um ambiente mais respeitoso entre os colaboradores.

Tome decisões racionais

Como o ambiente de uma empresa familiar envolve, invariavelmente, relações afetivas, tomar decisões que tendem para o lado emocional pode ser mais comum, mas tenha cuidado: isso deve ser controlado! Por isso, um documento com as diretrizes também pode funcionar como garantia de que decisões emocionais não serão tomadas, impedindo que a empresa ou os demais membros sejam prejudicados.

Lembre-se de que o negócio precisa ser levado em conta. Portanto, decida sobre os pontos importantes da sua organização de cabeça fria, de maneira empreendedora, deixando de lado as relações pessoais.

Controle as finanças

É muito comum encontrar empresas familiares que misturam o pagamento de contas pessoais com as contas da empresa. Evite isso a todo custo!

Além disso, deixar o setor financeiro a cargo de um membro da família exige atenção quanto à necessidade de oferecer transparência no controle orçamentário. Portanto, reforce esses pontos para evitar problemas judiciais e contábeis por falta de controle.

Não se esqueça de que o setor financeiro é um dos mais importantes para criar uma companhia sólida e apta a crescer. Portanto, certifique-se de planejar muito bem essa área.

Alinhe os interesses

Por mais que pareça ideal colocar os familiares mais próximos dentro da sua empresa, é fundamental fazer uma análise daqueles que possuem as qualificações necessárias para exercer a respectiva função.

Defina as vagas de acordo com interesse, aptidão e capacitação. Investir em cursos de capacitação é uma excelente escolha para melhorar a qualidade profissional dos colaboradores e a saúde da empresa.

Resultados eficientes

Atualmente, há um receio de gerir uma empresa familiar pelo comum medo de afetar o relacionamento dos indivíduos fora dela. Para evitar esse desgaste, a gestão controlada é a peça chave, pois permite preparar-se para eventuais problemas de forma a preservar o ambiente de trabalho sem prejudicar as relações familiares.

Portanto, faça um planejamento, procure aqueles que se alinhem às suas crenças e que demonstrem interesse em manter a empresa e as relações familiares sadias.

Quer aprimorar cada vez mais sua gestão? Então, não deixe de conferir também os 5 sinais de que é hora de automatizar os processos na sua empresa!

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ

Iniciar Conversa
Quero falar com a VerUP
Olá,
Esse canal é exclusivo para assuntos comerciais de segunda à sexta-feira das 9h as 17h. Por favor, aguarde para ser atendido(a).

Se você já é cliente: Não esqueça de consultar o help clicando no botão "Ajuda" disponível em todo o ERP Audience VerUP. Se persistir a sua dúvida, acesse os nossos canais exclusivos para clientes de segunda a sexta-feira das 8h30 as 17h30.